terça-feira, 28 de agosto de 2012

ANO 117 Nº 332 - PORTO ALEGRE, SEGUNDA-FEIRA, 27 DE AGOSTO DE 2012

Arte & Agenda > Capa Correio do Povo  

 Margarete Moraes adianta algumas ações do Ministério da Cultura na região Sul<br /><b>Crédito: </b>  mauro schaefer
Margarete Moraes adianta algumas ações do Ministério da Cultura na região Sul
Crédito: mauro schaefer
Margarete Moraes adianta algumas ações do Ministério da Cultura na região Sul
Crédito: mauro schaefer
O lançamento do edital do programa Mais Cultura/Mais Educação, no Rio Grande do Sul, será no próximo dia 10 de setembro, resultado de uma ação de cooperação entre Ministério da Cultura e Ministério da Educação Dando prioridade à educação básica, essa iniciativa selecionará propostas de intercâmbio de atividades entre instituições culturais e escolas. "O programa prevê o financiamento de iniciativas que garantam o acesso de alunos da educação básica ao teatro, cinema, centros de leitura e outras artes, beneficiando as escolas e os estudantes", adianta a novidade a chefe da Representação Sul do MinC, Margarete Costa Moraes.

Para a segunda quinzena de novembro, a representante também anuncia que está programado um grande encontro dos Pontos de Cultura do RS em São Leopoldo. Haverá espaço para a discussão teórica sobre cada ponto e sua situação e um grande exibição artística dos integrantes dos PC, em um verdadeiro festival aberto ao público da cultura indígena e popular. Paralelo será realizada a Teia RS, um encontro dos Pontos do Programa Cultura Viva, em uma parceria com a Fundação Universidade de Rio Grande, Prefeitura de São Leopoldo e Fórum Estadual de PC.

A Regional Sul do Ministério da Cultura abrange os Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Com sede em Porto Alegre, Margarete está sem em contato e trabalhando para a implementação e viabilização de políticas culturais nos três Estados. Ela lembra que é importante os municípios integrarem o Sistema Nacional de Cultura, para consolidar a implantação deste projeto e contribuir para a institucionalização das políticas de cultura em sua cidade. O primeiro passo para o município integrar o SNC é formar um Conselho Municipal de Políticas Culturais.

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Seminário de Formatação do Plano Municipal de Cultura de São Leopoldo 27 de Agosto 10h ás 17h no COL

 

Ao cumprimentá-lo, por meio desse, convidamos para o nosso Seminário de Formatação do Plano Municipal de Cultura. O referido Plano está em fase de complementação e no seminário teremos a Presença de Sergio Cordioli que trabalha com sistematização, além da presença de Marcelo Kruvnel, consultor responsável por São Leopoldo no convênio UFBA / Minc, de consultoria ao plano municipal de cultura.



A sua participação é de vital importância, visto que o Plano de Cultura de São Leopoldo tem e muitas de suas diretrizes a transversalidades com áreas pertinentes a sua pasta.

   Seminário de Formatação do Plano Municipal de Cultura de São Leopoldo

   27 de agosto, 9:00 às 12:00 e 14:00 às 17:00

   No COL, na 1º de março, 777 em frente ao Bourbon

 

            Sem mais para o momento, enviamos cordiais saudações.

 

            Atenciosamente,

   Pedro Vasconcellos

Secretário Municipal de Cultura

 

terça-feira, 21 de agosto de 2012

MinC reabre inscrições para renovação do CNPC de 22 a 26 de agosto

 O Ministério da Cultura publicou no Diário Oficial da União de sexta-feira (17), Portaria n° 116 (Seção 1, pág. 16) reabrindo, de 22 a 26 de agosto, o prazo para inscrições no processo eleitoral para escolha dos representantes da sociedade civil no plenário e nos colegiados setoriais do Conselho Nacional de Política Cultural (CNPC).
O novo período também servirá para a a conclusão dos cadastros de eleitores e candidatos já inscritos.“Aqueles que ficaram impossibilitados de se inscrever seja como eleitor, seja como candidato, e também os já inscritos que tenham feito cadastro incompleto, ou aqueles que precisarem acrescentar dados, anexar documentos ou que ficaram impossibilitados de fazer isso no dia 8, terão agora um prazo de cinco dias para validar a sua inscrição”, explicou João Roberto Peixe, secretário de Articulação Institucional do MinC.
Com a reabertura das inscrições, foram alterados, também, os artigos referentes ao calendário do processo eleitoral. Os fóruns estaduais setoriais para a eleição dos delegados aos fóruns nacionais setoriais serão realizados de 18 a 23 de outubro, com votação durante esses dias na plataforma virtual do processo eleitoral do CNPC, disponibilizada pelo MinC.
A comissão organizadora nacional poderá autorizar a realização de fóruns presenciais, mas a votação será eletrônica para permitir que todos os eleitores que tenham suas inscrições validadas possam exercer o seu direito de voto.
Uma vez eleitos, os delegados estaduais setoriais se reunirão nos fóruns nacionais setoriais, que serão realizados entre 22 e 23 de novembro, para debater as políticas setoriais e eleger os candidatos aos colegiados setoriais do CNPC.
 InscriçõesPara participar como eleitores, os interessados devem ter, no mínimo, 18 anos, preencher o formulário de cadastramento, comprovar a atuação de três anos no setor em que desejam participar e apresentar cópia digitalizada dos documentos pessoais e do currículo profissional.
Para o cadastramento como candidato será necessária, também, a apresentação de carta de apoio subscrita por entidade com atuação na área em que concorre ou pelo menos três eleitores da mesma área.
Confira aqui a matéria na íntegra.
Acesse também a PÁGINA DO CNPC.

EDITAIS DE PONTOS DE CULTURA TÊM PRAZO AMPLIADO PARA 11 DE OUTUBRO

A Secretaria de Estado da Cultura, por meio da Diretoria de Cidadania Cultural, informa que o prazo para inscrições de projetos nos editais de seleção de Pontos de Cultura foi ampliado para 11 de outubro de 2012. A ampliação, que foi publicada no Diário Oficial do Estado em 10 de agosto, objetiva o aprofundamento do processo de democratização das informações acerca dos editais, com a realização de um maior número de oficinas de capacitação de grupos culturais. A meta é que, até o final do período de inscrições, sejam realizadas cerca de 75 oficinas, em todas as 28 regiões do estado definidas pelos Conselhos Regionais de Desenvolvimento (COREDEs). Até o momento, já foram realizadas 26 oficinas.
Os editais são produto do convênio firmado com o Ministério da Cultura (MinC), a partir da Secretaria de Cidadania e Diversidade Cultural, dentro dos programas Cultura Viva e Mais Cultura. O total de recursos investidos neste convênio chega a R$ 18,13 milhões, contemplando grupos culturais da sociedade civil, sem fins lucrativos, com pelo menos 3 anos de atividades e 3 anos de CNPJ.
No total, serão selecionados 160 projetos culturais. Destes, 100 serão reservados para iniciativas de entidades oriundas de municípios com até 10 mil habitantes, que receberão R$ 60 mil para os próximos três anos (edital SEDAC nº 10 / 2012). Nas cidades com mais de 10 mil habitantes, serão selecionadas 60 propostas para receber R$ 180 mil, em três anos (edital SEDAC nº 11 / 2012). Os editais prevêem a seleção de, pelo menos, 6 Pontos de Cultura em cidades de fronteira com Uruguai e Argentina, bem como 16 Pontos de Cultura em Territórios de Paz, no âmbito do programa RS na PAZ.
Ambos os editais estão disponíveis no link www.cultura.rs.gov.br/v2/2012/06/editais-do-rede-rs-de-pontos-de-cultura

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (51) 32887520, e-mail pontosdecultura@sedac.rs.gov.br ,
na fan pagehttp://www.facebook.com/RedeRsPontosDeCultura
 e no site do programa Cultura Viva / MinC (http://www.cultura.gov.br/culturaviva).
Com a ampliação do prazo, as inscrições poderão ser feitas até às 18h do dia 11 de outubro de 2012.

Pontos de Cultura
Os Pontos de Cultura são grupos culturais da sociedade civil que envolvem a comunidade em atividades de arte, cultura e educação, estimulando a criatividade e propiciando o exercício da cidadania pelo reconhecimento da importância da cultura produzida em cada localidade. Funcionarão como instrumentos de pulsão e articulação de ações e projetos já existentes nas comunidades do Rio Grande do Sul.
Depois de selecionadas, as organizações recebem recursos para potencializar suas ações, com a compra de material e contratação de profissionais, entre outras necessidades. O Ponto de Cultura não tem um único modelo ? nem de instalações físicas, nem de programação ou atividade. Um aspecto comum a todos é a transversalidade da cultura e a gestão compartilhada entre poder público e comunidade.
São diretrizes fundamentais do programa (e presentes no edital) a gestão participativa, a educação popular, a comunicação comunitária, a economia solidária, a cultura digital, a sustentabilidade ambiental e os Direitos Humanos. Além destas dimensões, a Rede RS de Pontos de Cultura terá como objetivos a promoção da diversidade cultural, o empoderamento, o protagonismo, a autonomia, a articulação em rede (produção colaborativa, compartilhamento de saberes e gestão compartilhada entre sociedade civil e poder público).
Após selecionados, os Pontos de Cultura contarão com inúmeras ações de apoio e acompanhamento, como a realização de seminários anuais de qualificação em assuntos relativos à gestão cultural, oficinas temáticas, prêmios de incentivo ao compartilhamento de tecnologias sociais inovadoras, equipe de assessoramento, uma van contando com equipamentos digitais, audiovisuais e de som, a publicação de cartilhas, revistas, portal virtual, além da realização de encontros de intercâmbio, articulação e mostra de produtos (Teias e outros).


Coordenação de Pontos de Cultura
Diretoria de Cidadania Cultural
Secretaria de Estado da Cultura do RS
www.cultura.rs.gov.br
www.estado.rs.gov.br
pontosdecultura@sedac.rs.gov.br
http://www.facebook.com/RedeRsPontosDeCultura
(51) 3288.7520 / 3288.7501
Centro Administrativo Fernando Ferrari
Av. Borges de Medeiros, 1501, 19º andar, Ala Norte
CEP 90119-900 - Porto Alegre/RS

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Agenda Pontão de Cultura da Semana:

Segunda Feira dia 20 de Agosto


  • Atividade no IEV Feitoria - mapeamento indicador cultural – Plano municipal de cultura
     10h: 00minh na sede do Iev

  • Ponto de cultura AMMEP - mapeamento indicador cultural – Plano municipal de cultura

11hminh – Sede do ponto

  • Atividade no na ONG Gênese – centro recondicionamento de maquinas PCs -mapeamento indicador cultural – Plano municipal de cultura

12h sede do Gênese


  • Atividade com a escola Ponto de cultura carnaval - Império do Sol - mapeamento indicador cultural – Plano municipal de cultura





 
13h30minh - sede do ponto,

  • Atividade Ilê Umbanda Oxum das Cachoeiras - mapeamento indicador cultural – Plano municipal de cultura

16h30minh – Sede do Ilê

  • Atividade Associação de Moradores da Cohab Feitoria (ponto de Leitura) mapeamento indicador cultural – Plano municipal de cultura

18hminh – Sede da Associação

  • As fotos são da atividade no Ponto de Cultura da casa auxiliadora que trabalha com oficinas para crianças e adolescentes.
Na entrada do Povoado kaygangue na feitoria, aonde realizam uma seria de atividade de preservação das raízes brasileiras com a cultura indígena.

Atividade promovida equipe do Pontão de Cultura/ São Leopoldo






                                    




quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Oficina de Cultura Digital: O início

Foi dado início aos trabalhos da Oficina de Cultura Digital organizada pelo Pontão de Cultura de São Leopoldo em parceria com o Caps AD (Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas) de São Leopoldo, que tiveram a iniciativa de trazer um grupo de usuários do Caps AD para trabalhar com temas ligados à cultura e cidadania digital.
O Caps AD, que tem como propósito dar um amparo às pessoas com diversas formas de dependência química, trouxe 10 de seus usuários e, o Pontão de Cultura, por sua vez, está fornecendo o suporte técnico e ambiente adequado para a oficina que está sendo ministrado pelo oficineiro Marcos Goulart. 
Ao longo das semanas serão postados os avanços do grupo, suas descobertas, frustrações e conquista,s alem da opinião de cada participante sobre a Oficina de Cultura Digital no blog da Oficina.
Nesse primeiro encontro Marcos Goulart deu uma breve esclarecida sobre o que será trabalhado na oficina e os oficinandos tiveram as noções básicas sobre computação, criaram seus próprios e-mails e puderam se familiarizar mais com o meio digital.  Até o próximo post!

Max Silva (Participante da Oficina de Cultura Digital)

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Vai acontecer em Porto Alegre um seminário de dois dias aqui vamos postar maiores informações

Andre de Jesus (@andrede_jesus) compartilhou um Tweet com você: "CulturaGovBr: Ministério da Cultura vai ouvir sociedade para integrar Cultura e Educação. http://t.co/BLYSWPfR" --http://twitter.com/CulturaGovBr/status/235029192994078721

Será amanhã e terça-feira, dias 13 e 14 de agosto na Casa de Cultura Mário Quintana o Seminário Pesquisa Ação realizado pela ONG Casa Arte de Educar e que é parte do projeto Um Plano Articulado para Cultura  e Educação, promovido pelo MinC, que terá ações nas cinco regiões brasileiras para a construção de uma nova política pública entre Cultura e Educação.


Participarão no dois dias de seminário educadores, alunos, lideranças sociais de comunidades, representantes de museus, centros culturais, pontos de cultura, bibliotecas e órgãos do governo da região Sul.


Conheça mais sobre a pesquisa acessando:http://www.artedeeducar.org.br/promovendo-a-integracao-entre-cultura-e-educacao


O Quilombo do Sopapo estará no seminário como participante e também com a Cristalizar Vídeo Produções - CVP que comporá a equipe de registros em audiovisual do seminário que será coordenada pela Cooperativa Rizoma. A equipe da CVP estará com Adão, Carlos e Douglas durante os dois dias de seminário.


post: Leandro Anton

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

PONTOS E PONTÃO DE CULTURA PARTICIPAM DO DISFILE OFICIAL DA SÃO LEOPOLDO FEST

Formação para e com os Oficineiros Pontão de Cultura






Reunião com os agentes (oficineiros) dos Pontos de Cultura
Coordenação do Pontão
Secretário de Cultura
Dia 08 de agosto de 2012.
Local: Pontão de Cultura São Leopoldo
Presenças em anexo



Relatos de Oficinas

Moises – oficineiro de violão

Percebia a necessidade de fazer a integração entre os oficinandos porque muitos deles vinham a oficina e não se relacionavam com os demais – procura promover a socialização.

Busca promover a integração entre gerações

Está atendendo em média 15 oficinandos

Paulo – Império do Sol

Está enfrentando problemas de conflitos entre os oficinandos, (principalmente as meninas) identificou-se que muitos deste pertencem ao mesmo núcleo familiar.

Está surgindo a questão da homossexualidade e incidindo sobre o desempenhos dos papeis de função carnavalesca.

Está com 7 oficineiros

A escola oferece estrutura para o desempenho de suas atividades

A coordenação indica necessidade de fazer uma reunião específica para tratar das questões que traz o oficineiro.

O Secretário sugere que o oficineiro trabalhe um período na escola de samba e que em outro período desenvolva atividades em outros lugares.

Eugenio – oficineiro de áudio visual

Nestes 3 meses trabalhou mais na assessoria pedagógica dos Pontos

Vai direcionar o trabalho para o CAPs AD onde pretende construir um pequeno núcleo para percorrer os Pontos de Cultura.
Menciona que o CAPs reconhece a cultura como um suporte estruturante para os indivíduos.

Carol – AMMEP

Iniciou com muitos problemas relacionados a indisciplina dos oficinandos, avalia que já consegui avançar,


Costuma dividir os grupos de trabalho:

Quem quer fazer as suas oficinas e quem não quer, avalia que o publico rejeita trabalhos muito estruturados.

Vem tentando outras didáticas como desenhar, conversar, trazer vídeos.
O coordenado sugere que é importante o espelhamento dos oficinandos na oficineira, que ela possa organizar uma apresentação de sua companhia para a instituição e que procure fortalecer seu trabalho dentro da instituição conversando com os outros educadores.

Está atendendo cerca de 15 oficinandos

Waleska – oficineira de dança Casa Auxiliadora

Aponta também a questão da disciplina e como vem contornado

Organiza-os por idades nas oficinas e dentro de cada aula fazem atividades por grupos e desenvolvem as suas próprias criações coreográficas.

Fala sobre a questão de gênero e Hip Hop

Tem avaliação positiva da oficina

Costuma conversar com as coordenadoras pedagogicas e demais educadores da instituição.

O Secretário menciona que o Pontão tem 15 oficineiros distribuidos entre 8 projetos, que a reunião pedagógica é formativa com a função de apoio ao trabalho de cada um. Este encontro deverá ser semanal e deverá discutir temas transvesais as oficinas como Direitos Humanos e Diversidade. São questões que estão no universo dos oficinandos e que o educador deve estar preparado. O programa de formação ficará por conta de um dos novos pontos da Rede. A mostra final será no dia 12 de dezembro e a ideia é que seja mais do que o resultado de um processo, um intercambio entre os agentes envolvidos.
Moises sugere que o DVD resultante da mostra seja exibido em cada instituição antes de encerrar o ano.

Calendário as reunião com equipe do pontão e oficineiros nos Pontos de cultura:

Agosto:
 15 de agosto – Reunião formação definir horário – Ponto de cultura Tropeiro da Coxilia

22 – Reunião administrativa – definir horário - Ponto de cultura AMMEP

29 - Reuniões administrativas - definir horário - Ponto de cultura Casa Auxiliadora

Setembro
12 – Reunião administrativa Ponto de cultura - Império do Sol

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Relato reunião equipe do Pontão de cultura e equipe do Caps AD Flayer da oficina de Cultura Digital

Reunião no CAPS AD
Estavam presentes na reunião André, Leandro, Marcos, Letícia e Paola, sendo que as duas últimas eram trabalhadoras do CAPS AD, a primeira, Técnica de Enfermagem e, a segunda, Educadora Social.
As trabalhadoras do CAPS AD iniciaram explicando o seu trabalho no CAPS, dizendo que o público não é muito regrado e que eles estão pleiteando ser um CAPS formalmente, pois, embora eles sejam conhecidos dessa forma, ainda não estão "credenciados" no Ministério da Saúde. Disseram que o CAPS é mal visto pelos moradores do entorno e que, de alguma forma, sentem-se um pouco postos de lado. Depois disso, o André falou sobre a proposta de trabalho do Pontão e que achava uma ótima ideia essa de articular saúde e cultura, o que está em total sintonia com o plano de tratamento dos usuários do CAPS, tendo em vista que a proposta é trabalhar saúde mental para além do tratamento "médico", mas numa perspectiva de cidadania. Propomos que a oficina de Cultura Digital iniciará no dia 15/08, no Telecentro da Biblioteca, das 15:30 às 17h, inicialmente com o pessoal do CAPS AD, porém, se não houver público suficiente (10 pessoas), estenderiam para outras pessoas. Começaremos divulgando apenas para os usuários, que vão poder convidar pessoas da sua rede de relações. A oficina de Audio Visual não foi muito abordada, o que se acordou é que o Eugênio irá visitar o CAPS AD para acertar algumas coisas. O grupo presente na reunião se comprometeu em elaborar materiais de reflexão sobre essa parceria entre Pontão e CAPS, ou seja, uma parceria entre Cultura e Saúde a fim de introduzir uma discussão Política a partir dessa experiência.

OFICINA DE CULTURA DIGITAL

Venha conhecer o mundo virtual!

Terças-feiras das 15:30h às 17h

no Centro Cultural José Pedro Boéssio.
Rua Oswaldo Aranha, 934. Centro.
- Produção de Blogs
- Usos e abusos do e-mail
- Redes Sociais
- Produção de programas de rádio web
Oficineiro: Marcos Goulart

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Oficina sobre editais de Pontos de Cultura no Território da Paz São Leopoldo que vai receber um Ponto de Cultura vão ser 160 entidades em todo rio Grande!

O que e um Ponto de Cultura?
Pontos de Cultura
São entidades reconhecidas e apoiadas financeiramente pelo MinC que desenvolvem ações de impacto sócioculturais em suas comunidades. Eles não possuem um modelo único. O aspecto comum a todos é a transversalidade da cultura e a gestão compartilhada entre pode rpúblico e comunidade.  O Brasil possui hoje 3.703 pontos de cultura. A previsão do Ministério da Cultura é de que, até 2020, 15 mil Pontos de Cultura estejam funcionando em todo o Brasil,

O que o Edital Rede Pontos de Cultura - RS?

Os editais, resultado de convênio assinado com o Ministério da Cultura dentro dos Programas Cultura Viva e Mais Cultura, foram elaborados pelo departamento da Cidadania Cultural da Sedac, em conjunto com o MinC, e  abrem convênios para 100 iniciativas propostas por entidades da sociedade civil oriundas de municípios com até 10 mil habitantes, no valor de R$ 60 mil, em três anos. As demais 60 propostas serão destinadas para instituições de cidades com mais de 10 mil habitantes – no valor de R$ 180 mil, em três anos. As inscrições estarão abertas de 11 de junho a 10 de agosto de 2012,

O que RS da Paz?

O RS NA PAZ, Programa de Segurança Pública com Cidadania do Estado do Rio Grande do Sul, inaugura uma nova fase na consolidação do princípio de que segurança pública não é sinônimo de polícia. É um conjunto de políticas públicas baseadas no diálogo entre ações sociais e policiais, fundamental para a redução dos índices de violência e criminalidade e da vulnerabilidade das pessoas. O objetivo final é a redução do número de homicídios. O Rio Grande do Sul assume esse protagonismo entre os estados brasileiros ao elaborar, descrever, organizar, implantar e executar o RS NA PAZ

Oficina sobre editais de Pontos de Cultura no Território da Paz São Leopoldo