quinta-feira, 31 de maio de 2012

Reunião ComiSsão NacionaL de PovoS TradiCionaiS De TerREIrO em Brasilia - HistoriCo da MobilizaÇão estaDual

(Foto) Comissão organização Teia - RS e a comissão que vai dar conta metodologia, mobilização e a promoção da Oficina estadual para elaboração de Politicas Pública para Cultura para Povo tradiocinias de Terreiros

Ficamos muito feliz a cidade de São Leopoldo ser a primeira cidade a sediar e o primeiro estado Rio Grande do Sul promover a realização e a efetivação da oficina e as suas premissas tiradas na carta do Maranhão - Oficina Nacional de Elaboração de Politicas Pública para a Cultura para Povos de Terreiros realizada no estado do Maranhão. Foi puxando a respeito dos encaminhamentos, cronogramas e o documentos do encontro e maiores informações pela representação do colegiado de culturas populares - SEDAC  e foi pedido a nos do Pontão de Cultura São Leopoldo agendar uma reunião junto a representação do ministerio da cultura regional sul, abriu se um dialogo sobre importância de se realizar no estado, uma fala bem boa da representação do Minc está oficina. Saimos da reunião com está tarefa e como proposta de ser no Teia - RS, caiu como uma luva coube em todas as premissas da atividade como conceituais, orçamentarias e politicas em um momento tão digno para com o desenvolvimento cultural do estado, com os anuncios e lançamento de varios editais na area da cultura.  
   André de Jesus Coordenador do Pontão de Cultura São Leopoldo "E realmente fundamental termos estrategias na area da cultura para os Povo de Terreiros, depois de pesquisas, mapeamentos, eleborados por municipios, estados e pelo governo federal, exp Mapeado Axé. O que nos invidencia e nos mostra, nos informar a parcial situação de uma vasta população de brasileiros. Que ainda se encontram na marginalizadade e excluidos das iniciativas e das politicas públicas. 
    Assim pouco a pouco vai mudando com a sencibilidade de gestores, ativistas, artistas e politicos, saindo da invisibilidade e obtendo apoio e respeito seus cultos, maneiras de viver, de cultuar  os seus orixas e santos, mantendo viva a sua propria maneira social, preservando e mantendo as tradições e a resistência cultural e religiosa.
Hoje o cenario muda um pouco para melhor apartir da compreenção do presidente Lula em criar uma Secretaria excluciva para os negros e negras (SEPIR) aonde se cria um departamento para se discutir a real situação dos povos tradicionais terreiras e terreiros. Ai vai sencibilizar varios ministerio como Ministerio desenvolvimento social, da Cultura, do Meio ambiente, Ministerio da Reforma Agraria, para que desenvolvam politicas pública que incluam estas populaçõe.
 Tem muito ainda para  se avanças em favor das comunidades tradicionais de Terreiro, mas os estados e os municipíuos também estão precupados com está populações, eleborando atravez de editais e iniciativas como exemplo a prefeitura de São Leopoldo - RS que apartir do edital CineMais Cultura - Minc com Terreiro do Bairro Feitoria Casa de Umbanda Cacique da Lua e Oxum das Cachoeiras.
No qual vai poder gestar "Cinema e Comunitário".
        A firmando as premissas da Cidadania Cultural, Diversidade Cultural, e afirmando a posição de catalizador, aglutinador das diversidades que os Terreiros tem no Brasil e já vem desenvolvendo diferentes iniciativas sociais comuinitarias.
Em diferentes areas o que nos mostra algumas das pesquisas feito pelos governo federal ação; saúde, alimentar, cultura, geração de renda e educação popular são inumeras atividades que são desenvolvida em terreirtos hoje no brasil.
Que independente do estado brasileiro, os terreiros ou terreiras ja vem executando historicamente, deliberadamente, promovendo e  trabalhando com as populações como público prioritario, os mais pobres.
(Foto) Representante do colegiado de Culturas Populares - RS, das Comunidade Tradicional de Terreiros Pontão de Cultura de São Leopoldo, Regional Sul Ministerio da Cultura

Divulgação do encontro da Comissão Nacional de Povos Tradicionais de Terreiros em Brasilia para pensar nas efetivações das deliberação da Oficina do Maranhão.

A Comissão Nacional dos Povos e Comunidades de Terreiro , formada por membros da sociedade civil e do Ministério da Cultura (Secretaria de Cidadania Cultural, Fundação Cultural Palmares e Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), esteve reunida no Ministério da Cultura/ Secretaria de Cidadania Cultural, em Brasília, nos dia 29 e 30 de maio.
O encontro discutiu as metas e ações aprovadas durante a I Oficina Para Elaboração de Políticas Públicas de Cultura para Povos Tradicionais de Terreiro, realizada pelo Ministério da Cultura, por meio da SCC,dos dias 27 a 30 de novembro de 2011, em São Luis(MA).
A I Oficina voltada para as comunidades de povos de terreiro  teve como objetivo subsidiar a construção de políticas culturais para o segmento, com vistas à proteção, promoção e consolidação de suas tradições, reconhecendo seus ritos, mitologias, simbologias e expressões artístico-culturais.
A Oficina foi realizada numa parceria da SCC/MinC, da Fundação Cultural Palmares (Palmares), do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR) e da Comissão Nacional de Povos de Terreiros. O evento também contou com o apoio da Secretaria de Estado da Cultura do Maranhão (SECMA), da Secretaria da Igualdade Racial do Maranhão (SEIR/MA)  e da Prefeitura de São Luis (FUNCMA).

Durante a Oficina, que reuniu cerca de 200 participantes na capital do Maranhão, foram aprovadas nove propostas distribuídas entre 5 eixos temáticos (Patrimônio Cultural e Direitos; Fomento em Sustentabilidade; Direitos Civis e Culturais; Cultura e Comunicação; e Cultura, Saúde e Meio Ambiente). Dentre as propostas aprovadas na I Ofic ina estão a implementação de um Cadastro das Instituições de Terreiro; a realização de mapeamentos e identificação dos terreiros existentes; e a elaboração de uma Política Nacional para terreiros, que contemple a criação de editais, em âmbito nacional, que garanta a execução de instrumentos e inventários  e salvaguarda, a curto, médio e longo prazos, voltados à preservação cultural material e imaterial dos povos de terreiro.
Pontão de Cultura
De acordo com a secretária de Cidadania Cultural do MinC, Márcia Rollemberg, que participou do encontro na tarde de hoje (30 de maio), uma das ações que poderiam ser implementadas, no âmbito do Programa Cultura Viva, seria a criação de um Pontão de Cultura voltado para as comunidades tradicionais, incluindo os
povos de terreiro. “Esse pontão incentivaria a pesquisa, e contribuiria com a formulação e a articulação de políticas públicas, o fortalecimento institucional das comunidades e a discussão do próprio (Programa) Cultura Viva para as comunidades tradicionais”, explicou a secretária, acrescentando que é importante identificar, entre os 3.703 pontos de cultura existentes hoje em todo o país, quais os que desenvolvem ações voltadas para as comunidades de povos de terreiro.
Para Márcia Rolemberg a aproximação com o segmento, que começou durante a II Conferência Nacional de Cultura, realizada em Brasilia em 2010, aconteceu num momento favorável, tendo em vista a aprovação do Plano Nacional de Cultura, o Redesenho do Programa Cultura Viva e a renovação do Conselho Nacional de Política Cultural (CNPC) neste ano. “Precisamos trabalhar as metas do PNC  que tenha interface com as comunidades tradicionais, além de buscar parcerias internamente, no âmbito do próprio MinC, e externamente como o Ministério da Educação, a Secretaria de Políticas para a Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República, e os Ministérios do Desenvolvimento Social e do Meio Ambiente”, defendeu a secretária.
Aderbal Ashogun, pai de santo do Rio de Janeiro e integrante das Comissões Nacional de Pontos de Cultura e dos Povos de Terreiro, acredita que uma das primeiras ações a serem adotadas pelo segmento e pelos integrantes da comissão é a de criar uma rede virtual de comunicação para facilitar a articulação entre as comunidades e os parceiros.
Para Jô Brandão, coordenadora de Povos e Comunidades Tradicionais da SCC/MinC, o importante agora é trabalhar para que se concretize as metas aprovadas na I Oficina. “Temos que levar para os estados e municípios essa discussão para crescermos em parceria e na efetivação das metas”. Para Jô Brandão uma outra ação importante é a criação de um Grupo de Trabalho interministerial para discutir ações conjuntas voltadas aos povos de terreiro.

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Visita ao Ponto de Cultura - AMMPE materia para o Jornal VS



Fomos hoje ao Ponto de Cultura AMMEP para acompanhar a materia do Jornal Vs com o Secretario de Cultura Pedro Vasconcelos. Aproveitamos para estar divulgando o edital Rede Pontos de Cultura que vão ser selecionando entidades Culturais de São Leopoldo as inalgurações do Pontos de leitura e a entrega dos Cine Mais Cultura " Leituras da Cidade".

domingo, 27 de maio de 2012

Na rádio Progresso programa comunidade em Ação - Falando dos Programa Leituras da Cidade

Fomos na sexta feira passada, estúdio da Rádio Progresso Fm no Programa Comunidade em Acão.
   Falando e divulgando o programa "Leituras da Cidade" Secretaria de Cultura, nos do Pontão de Cultura falamos do edital Rede Pontos de Cultura que está aberto e vai selecionar cinco entidade socio culturais, o edital vai até o dia 6 de Junho, estão acontecendo as oficina nas salas de cinema do Centro Cultural José Pedro Boessio Osvaldo Aranho 934.
Os contemplados formaram a Rede de Pontos de Cultura/SL que já exite cinco Pontos de cultura na cidade são eles;
Casa Auxiliadora, AMMEP, CTG Tropeiros, Escola de Samba Império do Sol, ASPA.

.

Reunião da Comissão do Pontos de Cultura, onde forma as comissões de trabalho para o Teia - RS



REUNIÃO – FÓRUM DOS PONTOS DE CULTURA E COMISSÃO TEIA RS – 23/05/2012

Presentes:
André de Jesus – Coordenador Pontão de São Leopoldo,
Leandro Cezar – Oficineiro de música do Pontão de São Leopoldo,
Fabio – Comissão nacional de Pontos de cultura – Cuca/UNE,
Lilian Nunes – Técnica em cultura - Pontão de São Leopoldo,
Michel – Ponto de cultura Cuca/UNE,
Leandro – Quilombo do Sopapo,
Leandro Rodrigues – Ativista comunitário – Pontão de São Leopoldo,
Ricardo – Ponto de Cultura Minuano,
Marcelo – Coordenador AMMEP,
Cátia - CTG Tropeiro das Coxilhas,
Justina – coordenadora CTG Tropeiro das Coxilhas,
Adão – Patrão CTG Tropeiro das Coxilhas,
Wagner Coriolano – ex-coordenador do Pontão São Leopoldo, agente na rede pontos de cultura,
Rejane – Casa Auxiliadora,
Ana Paula Stock - Ativista comuntária
 Sérgiu Valentin - Ponto de Cultura Ventre Livre - Coletivo Catarse


André fez os relatos iniciais da reunião e informes sobre o andamento do projeto do Teia- RS, retomou o que havia sido tratado na reunião anterior. Ressaltou a parceria com a FURG (Fundação Universidade de Rio Grande), o Fórum dos Pontos de Cultura do RS e o Ministério da Cultura, para a realização do Teia RS, que era um projeto que estava sendo pensado há 3 anos, existia um projeto inicial de 300 mil reais, até que este ano o Minc, fez a proposta de viabilizar o projeto com um valor de 80 mil reais, desde então vem se trabalhando num projeto coletivo, da secretaria de cultura de São Leopoldo, o minc e o fórum, para construir um projeto dentro dessa perspectiva. Rita e Miguel da Furg são agentes muito importantes no processo, e já enviaram o projeto para avaliação do Minc e estão fazendo as adequações do projeto para conveniar. O convenio será feito direto entre a FURG e o Minc, e a FURG fará a descentralização do recurso para São Lopoldo, que disporá sua estrutura de pessoal e acomodações do evento.



André fez os relatos iniciais da reunião e informes sobre o andamento do projeto do Teia- RS, retomou o que havia sido tratado na reunião anterior. Ressaltou a parceria com a FURG (Fundação Universidade de Rio Grande), o Fórum dos Pontos de Cultura do RS e o Ministério da Cultura, para a realização do Teia RS, que era um projeto que estava sendo pensado há 3 anos, existia um projeto inicial de 300 mil reais, até que este ano o Minc, fez a proposta de viabilizar o projeto com um valor de 80 mil reais, desde então vem se trabalhando num projeto coletivo, da secretaria de cultura de São Leopoldo, o minc e o fórum, para construir um projeto dentro dessa perspectiva. Rita e Miguel da Furg são agentes muito importantes no processo, e já enviaram o projeto para avaliação do Minc e estão fazendo as adequações do projeto para conveniar. O convenio será feito direto entre a FURG e o Minc, e a FURG fará a descentralização do recurso para São Lopoldo, que disporá sua estrutura de pessoal e acomodações do evento.
Wagner, questionou qual a participação de instituição pública no Teia - RS, quanto cada parte envolvida daria de contribuição ao evento.
Fábio (comissão de mobilização), está com dificuldade em conseguir os contatos atualizados dos pontos, está ligando para as pessoas com quem tem contato e replicando através destas, precisa de acesso as listas mais atuais e de um telefone disponível, foi durante a semana até a regional do Minc, sem uma resposta positiva.
Leandro (Quilombo do sopapo) propôs se integrar na comissão de mobilização e aproveitar que terá uma agenda pessoal no na regional do Minc, utilizar a estrutura e pegar as listas de contatos mais atualizadas.
Wagner irá à Microteia Centro em Santa Maria e pode contribuir na mobilização com o pessoal daquela região, também tem contato com algumas pessoas nas Redes de pontos da serra (Caxias do Sul). Disse da importância de fortalecer o processo de ponteiros e fazer uma boa formação durante o teia, no que diz respeito ao debate político.
O Secretário Municipal de Cultura, fez uma breve saudação aos presentes e se ausentou, devido a outros compromissos.
Ricardo (Pontão Muniano) disse que agregar informação é válido, apesar das dificuldades de tempo, por trabalhar em várias frentes. Falou sobre o mapeamento dos pontos de cultura, para uma mobilização mais efetiva.
André retomou o ínicio da reunião para os participante que chegaram depois do começo.
Fabio afirmou que seria melhor que se definisse as datas do Teia, e que seria mais viável que fosse nos dias 29, 30 de junho e 01 de julho de 2012.
Wagner reafirmou a colocação de Fábio, dizendo que seria melhor pela garantia do recurso.
Leandro (Quilombo do Sopapo) levantou a proposta de criar a comissão de metodologia e sistematização, para dar corpo a programação e organizar os debates para que as discussões transcorram no tempo do evento e se consiga ter bons encaminhamentos ao final. Afirmou que para que as comissões possam trabalhar é importante ter definição de data, além disso, seria importante que as redes da FURG e de Caxias do Sul tivessem participação na comissão de metodologia.
Os demais concordaram com a criação da comissão de metodologia e Leandro se integra a esta.
Wagner comentou sobre o que está acontecendo no programa Cultura Viva, a retomada dos conceitos, denominado Redesenho, que propões uma revisão do Programa. Sugeriu que se convidasse uns 7 ponteiros antigos, que integram o redesenho para estar nos debates do teia, fazendo uma retomada da história do programa. Para que se defenda a continuação do Cultura Viva.
André, citou o oficineiro Marcos Goulart, que participou do programa Cultura Viva em outros momentos e agora volta a fazer parte da equipe do Pontão de São Leopoldo, falou que em suas conversas uns dos questionamentos era como integrar melhor a rede e qual as características e critérios dos representantes, que participarão do Teia RS. Sugeriu Marcos para a comissão de metodologia.
Wagner se colocou à disposição para integrar a com a sistematização. Falou de seus registros de outros Teias e textos escritos sobre o Cultura Viva.
Fabio reafirmou a definição de datas.
Por encaminhamento e em consenso com todos participantes, decidiu-se que a data do Teia - RS será 29, 30 de junho e 01 de julho.
André questionou: Quem vai fazer o levantamento histórico desses pontos e onde existem dados que possam ser compartilhados em um espaço comum na rede, onde possa se colocar estes dados e que isso fique acessível a todos.
Ricardo colocou que existem registros até 2009, que a comissão estadual havia feito, e que pode disponibilizar isto. Que existem dois sites: culturadigital.br e pontos de cultura.org.
Sobre o questionamento de André, Wagner disse que se essas informações ficarem apenas na rede, muitos não terão acesso. Comentou que ele esteve na última eleição dos representantes da Comissão de Pontos de Cultura, que ocorreu em 2010 no Ceará e tem vários relatos de como foi esta reunião. E reafirmou que é importante se pensar em trazer para o Teia a memória viva dos Pontos, através dos ponteiros referidos anteriormente.
A respeito da fala de André e Wager, disse que uma coisa não anula a outra.
Fábio e Valentim questionaram os prazos para inscrições para os produtores que serão contratados, para as apresentações artísticas e para os delegados.
Valentim sugeriu que se receba as inscrições para a equipe de produção (4 produção executiva e 4 apoio) até dia 31 de maio, para que estes nomes possam ser escolhidos ainda no inicio do mês de junho.
Fabio sugeriu que se fizesse um dia de trabalho reunindo a comissão organizadora e os produtores.
Ricardo afirmou a importância deste encontro da equipe, para que possa se sensibilizar este grupo de produtores, no sentido de saber a importância do evento e dos agentes envolvidos nesse processo todo.
Valentim afirmou que esta equipe deve ser composta por agentes dos Pontos de Cultura, que sejam PROFISSIONAIS e tenham experiência com produção de eventos e também não sejam delegados dos pontos para os debates.
Sugeriu-se que se forme uma comissão para avaliar os currículos dos inscritos e que esta comissão seja composta por um representante do Minc, um do Pontão de Cultura São Leopoldo, um da FURG e um da Comissão de Estadual de Pontos de Cultura.
Fábio sugeriu, que a reunião que ele propôs anteriormente seja feita no dia 09 de junho a tarde. Os presentes concordaram.
Ficou definida uma agenda prévia:
- Dia 31/05/2012 – prazo máximo de inscrições para equipe de produção,
- Dia 01/05/2012 – escolha da equipe
- Dia 09/05/2012 – Reunião de Trabalho.
Leandro (Quilombo do Sopapo) pediu que se fizesse um realize para a mobilização.

Leandro também convidou a todos que pudessem estar presentes 6ª feira na Assembléia Legislativa às 14h, para a Audiência Pública da lei Griô estadual.

Assim encerrou-se o presente encontro

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Estão acontecendo nas regiões do RS as Micro Teia em junho a Teia Rio grande do Sul

   

                                                                                                              
                                           CONVITE
A Comissão Estadual dos Pontos de Cultura do RS na CNPdC, a Prefeitura Municipal de Santa Maria, através da Secretaria de Município da Cultura e a Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Federal de Santa Maria - UFSM, em  parceria com  Pontão FOCU/TV OVO, SEDAC-RS e  Representação Regional SUL do Ministério da Cultura- MinC, têm  a honra de convidar Vossa Senhoria para participar da Micro-Teia e 1º Encontro dos Pontos de Cultura da Região Centro do Rio Grande do Sul que será realizada nos dias 26 e 27 de Maio de 2012, em Santa Maria-RS.
O Encontro, tem o objetivo de promover a articulação política mais eficiente dos Pontos de Cultura e as Ações do Programa Cultura Viva em âmbito regional para o fortalecimento da Rede. Formação em Economia Solidária, Gestão, Sustentabilidade e Biodiversidade, Comunicação para a valorização da Cultura local e ambiental, Cidadania e Participação Democrática na construção de Políticas Públicas e A Importância da Rede Cultura Viva para a afirmação dos Pontos de Cultura, alem de Oficina de Prestação de Contas e novos editais. Criação coletiva para o entendimento e práticas de participação democrática na construção de Políticas Públicas à luz da Cultura, da Biodiversidade e da Economia Solidária da Cultura.
Solenidade de Abertura: 26/05/12 - Horário: 9:15h - Local:  Centro de eventos da UFSM
Dia 27/05/2012: Horário: 9:00h - Local: Escola Municipal de Aprendizagem Industrial - EMAI (Av. Rio Branco, 66 - Próxima a Gare da Viação Férrea).
Em anexo, enviamos a Programação.
Parceiros:
                  SEDAC - RS        RRSUL-MINC
Apoio:

sábado, 19 de maio de 2012

Casa de Umbanda Cacique da Lua e Oxum das Cachoeiras e selecionado para gestar um CineMais Cultura/ Minc e prefeitura de São Leopoldo


A Casa de Umbanda Cacique da Lua e Oxum das Cachoeiras, do Pai Alexandre, localizada na Rua Luiz Paulo Vieira, 57, Bairro Feitoria Seller, na Zona leste do Município de São Leopoldo, foi uma das cinco entidades Leopoldense comtempladas pelo projeto Cine Mais Cultura, do Ministério da Cultura. 
A Casa, receberá um kit com projetor multimídia, telão, DVD e uma coletânea de 200 filmes nacionais da Programadora Brasil. Na perspectiva de um cinema comunitário, a entidade será referência em sua comunidade, para realizar exibições de cinema em parceria com outras entidades e associações que atuam naquela região da cidade.


A primeira reunião da Comissão de execução do Teia - RS em São Leopoldo


REUNIÃO TEIA RS – 18/05/2012

Estiveram reunidos, no Pontão de Cultura de São Leopoldo:
- Pedro Vasconcelos: Secretário de Cultura de São Leopoldo,
- Maria Alice: Regional Sul do Minc,
- Margarete Moraes: Representante da Regional Sul do Minc,
- Luciane: Coordenadora pedagogia da AMMEP (Ponto de Cultura),
- Marcos Goulart: Oficineiro de Inclusão Digital,
- Fabrício Martins: Oficineiro de música da Império do Sol,
- Fabio: comissão nacional de pontos de cultura,
- Adão: patrão do CTG tropeiro das coxilhas (ponto de Cultura),
- André de Jesus: Coordenador do Pontão de Cultura de São Leopoldo,
- Lilian Nunes: Técnica em Cultura do Pontão de Cultura de São Leopoldo,
- Henri: Regional Sul Minc,
- Sergio Valentim: Comissão estadual de Pontos de Cultura,
- Leandro Rodrigues: Ativista comunitário do Pontão de Cultura de São Leopoldo,
- Kelly Gil: Oficineira de Teatro.
A pauta da reunião foi a organização do Teia RS.
Tratou-se sobra a formação dos grupos de trabalho (GT) para compor a comissão organização.
A sugestão feita foi de fazer um chamamento pela rede, para que os pontos interessados se inscrevam  para as apresentações artísticas e pessoas para compor os grupos de trabalho, a maioria dos presentes concordou.
Margarete Moraes, em sua fala disse que o Ministério, colabora com a organização e com o repasse do recurso para a realização  do Teia, mas quem define a pauta de discussões do evento são os pontos de cultura.
A data do Teia será 08,09 e 10 de junho de 2012, porém, como existe demora nos repasses, a data pode ser alterada para 29, 30 de junho e 01 de julho, caso não haja tempo hábil de se realizar nos dias previstos, mas ainda assim se trabalha com a primeira data, até para não desmotivar a equipe.
Para as apresentações artísticas está previsto um cachê, a proposta do André é de que, se dê prioridade de cachê para os Pontos que continuam atuantes na rede sem estarem conveniados, visto que os pontos conveniados tem verba para apresentações. Pelo n;úmero de apresentações previstas e o numero de Pontos, não haveria como colocar todos na programação do palco, então a sugestão foi de alguns grupos fazerem intervenções artísticas em pontos diferenciados da cidade, até para a população ter conhecimento do evento.
Outra idéia é de que a mobilização seja feita pelas redes, uma pessoa de cada rede seria responsável por mobilizar os pontos de sua rede. Para isto deve-se fazer um mapeamento da rede e atualização dos contatos.
Para a arte e identidade visual foi sugerido que também fosse escolhida, os designers que atuam no pontos se inscreveriam, mandando suas propostas e em reunião a comissão organizadora decidiria a melhor proposta.
Ficou acordado que as inscrições artísticas ocorram durante a semana até a sexta feira dia 25/05/2012, e que as propostas de programação sejam feitas na próxima reunião, na quarta feira, dia 23/05/2012, às 18h, na sala do Pontão de Cultura de São Leopoldo.
Ficaram definidos nomes para as comissões, onde devem ser agregadas outras pessoas:
- Comissão de Mobilização: Fabio, André
- Comissão de Comunicação: Marcos, Valentim, Eugênio
- Logística e alimentação: Lilian,
                                          - Recepção: Carla (casa auxiliadora), Leandro Cézar
                                - Palco (coordenador) e apresentações: Leandro Rodrigues





sexta-feira, 18 de maio de 2012

Noite de Gala para a Cultura Leopoldense

 Nessa quarta-feira, dia 16, a prefeitura de São Leopoldo lançou o edital para mais 5 pontos de cultura na cidade, na ocasião foram entregues 6 pontos de leitura, que serão em breve inaugurados, 5 cines mais cultura (cinemas comunitários) e 3 telecentros comunitários, foi lançado também o edital do Prêmio Literário Sérgio Farina em comemoração aos 5 anos da lei municipal do livro. Estas iniciativas fazem parte do Programa Leituras da Cidade. O Evento contou com a presença do  Secretário de Cultura do Estado, Luiz Antonio de Assis Brasil, do  prefeito, Ary Vanazzi, da deputada estadual, Ana Affonso, do secretário de cultura do município, Pedro Vasconcellos, Mauricio Falavinha  coordenador Polo Sul dos TelecentrosBR - Polo Marista, Marialice Representando Margarete Morais da regional do Ministerio da Cultura, Jari Rocha Coordenador do Centro Cultural José Pedro Boessio.

No iníco das atividades da noite, quem esteve no Teatro Municipal pode apreciar música gaúcha com uma dupla de músicos da cidade e uma apresentação de dança do Instituto Lennon Joel Pela paz.
Muitas pessoas compareceram, dentre elas muitas entidades sócio-culturais que foram comtempladas com os pontos de cultura, os pontos de leitura, os cinemas e os telecentros. Além da comunidade em geral que se fez presente no evento.




Pontos de Leitura:
- Associação de Moradores do bairro São Cristóvão,
- Associassão de Moradores da Cohab Feitoria,
- Associação de Moradores da Vila Brás,
- Associação de Moradores do Bairro Jardim Viaduto,
- CTG Aparício Silva Rillo,
- Instituto Lenon Joel Pela Paz e
- ONG Vulcano.



Cines Mais Cultura:
- Coopertativa de Trabalho, Habitação e Consumo (Cootrahab),
- Grupo Cultural Anastácia Òmnira,
- Casa de Umbanda Cacique da Lua e Oxum das Cachoeiras,
- Centro Cooperativo de Atendimento a Meninas e Meninos (Cecam),
- Associação de Moradores do Residencial Charrua e São Miguel,
- Cooperativa de Habitação, Produção e Trabalho (Coopernorte).







quarta-feira, 16 de maio de 2012

reunião do Fórum dos Musicos e do Fórum de Hip Hop na Sala do Pontão de Cultura

A reunião do Fóruns de Linguagem aconteceu na sala do Ponto com o intuito de socializar as ações que estão sendo promovidas conjuntamente entre o Ministerio da Cultura e secretaria de Cultura de São Leopoldo. Estiveram na reunião dos artistas e ativista o Secreario Pedro Vaconcellos, Junior Garcia Ministerio da Cultura e Lilian Nunes Tecnica em Cultura/SMC -SL.


Pauta:

Indicadores da Cultura

Lançamento Leitura da Cidade


Editais aberto Rede Pontos de  Cultura

terça-feira, 15 de maio de 2012

INÍCIO DOS PREPARATIVOS PARA O TEIA-RS


Ontem, dia 14 de maio de 2012, aconteceu na sala do Pontão de Cultura a primeira reunião da equipe de São Leopoldo que trabalhará no Teia – RS.
    No primeiro momento da reunião, participaram juntamente, representantes de entidades que estavam na oficina de elaboração de projetos, que acontece todas as segundas-feiras na sala de cinema. Nesta ocasião o Secretário de Cultura, Pedro Vasconcellos, falou sobre o Lançamento dos editais e ações do programa leituras da Cidade, que será nesta quarta feira, 16 de maio, e da importância da participação da comunidade, que será a maior beneficiada por estas iniciativas.

   Já no segundo momento, com os coordenadores dos pontos de cultura, oficineiros e a equipe do Pontão de Cultura, trataram-se assuntos pertinentes ao Teia-RS, evento este que reunirá os pontos de Cultura do Rio grande do Sul. Como anfitriões do evento, precisamos de uma equipe para atender questões de infrestrutura, para bem recepcionar os participantes deste grande encontro. Montamos comissões de trabalho, ficando um responsável por cada comissão, que agregará outras pessoas ao grupo.
  
Tendo em vista que os pontos de cultura locais também deverão participar dos debates, marcamos um encontro para o dia 25, onde os pontos poderão afinar seus discursos e suas propostas para as discussões do fórum dos |Pontos de Cultura do RS.

  Até a data do Teia-RS, temos uma agenda de encontros e reuniões, onde estaremos nos preparando para realizarmos um grande evento, durante os dias 8,9 e10 de junho.

segunda-feira, 14 de maio de 2012

EDITAL Rede de Pontos de Cultura

  
Espalhados por todos os cantos deste Brasil há um Ponto de Cultura,
política do Governo Federal criada em 2004 para estimular e fortalecer
a produção e a gestão de bens culturais produzido pelas comunidades,
tendo por base ações cooperativas dos envolvidos em um processo que
estimula as relações horizontais de participação. Atualmente, mais de
4 mil Pontos de Cultura estão em funcionamento em 1 122 municípios de
norte a sul do país e agora é a vez da Prefeitura de São Leopoldo
anunciar o seu primeiro edital de chamamento público para inscrição
das propostas para o desenvolvimento do projeto Rede de Pontos de
Cultura da cidade.
Se você participa de alguma organização cultural, associação de
bairro, agremiação ou clube voltado para produção e disseminação
cultural, não perca esta oportunidade, a sua proposta poderá
transformar-se em um Ponto de Cultura. Reúna-se com as forças locais
da sua comunidade: escolas, clube de mães, atores, músicos, artistas
gráficos entre outros, acesse o edital e saiba sobre os critérios de
participação. Além de subsidiar com recursos federais e municipais a
proposta do seu grupo, São Leopoldo vai agradecer pela diversidade de
ideias que surgirão.
“A comunidade leopoldense ficou dois anos na expectativa da abertura
do edital. Rede pontos de cultura vai ser um prêmio para entidades que
tem como premissas as suas ações na áreas com olhar na diversidade
cultural, cidadania cultural, economia da cultura e cultura digital”,
disse o Secretario de Cultura Pedro Vasconcelos.
O edital está disponível no endereço www.saoleopoldo.rs.gov.br da
Prefeitura Municipal, e www.cultura.gov.br Ministério da Cultura.
Acompanhe e participe pelo Face Book: Pontão de Cultura São Leo e pelo
Twitter: @pontaosaoleo, com a hashtag #editalpontosdecultura.
Outras informações: 3592 9133(ramal 22) ou pelo 3591 7758 correio
eletrônico diretoria.cidadania@gmail.com.       Pelos mesmos contatos agende-se para as oficinas de eleboração do
edital Rede de Pontos de Cultura, ás segunda-feiras dos dias 07, 14,
21, 28 de maio e 04 de junho, ás 14:30 ás 16:30 na Sala de cinema do
centro Cultural José Pedro Boessio Osvaldo Aranha nº 934 centro de São
Leopoldo.

Lançamento e ações Programa Leituras da Cidade

O Programa Leituras da Cidade, da Secretaria Municipal da Cultura de São Leopoldo, apresentará no próximo dia 16 de maio um conjunto de sete importantes iniciativas com programas articulados que cumprirão o papel de promoção da cultura, em toda a sua diversidade, na cidade de São Leopoldo.

Será lançado o Edital de cinco entidades que comporão a Rede de Pontos de Cultura que terá o papel de produzir oficinas de criação, produção cultural em diversas regiões da cidade. Cada entidade contemplada receberá R$ 180.000,00 em três anos, perfazendo um total de R$ 900.000,00 investidos diretamente nas entidades culturais da cidade. Deste total R$ 600.000,00 do MinC e R$ 300.000,00 da PMSL. 

Serão apresentados, os 6 locais em que serão instaladas os Pontos de Leitura que serão pequenas bibliotecas espalhadas por 6 regiões da cidade. E serão apoiadas por mais de 40 Agentes de Leitura, cujo principal objetivo é levar o livro e a literatura às casas dos cidadãos. Os agentes de leitura terão um kit de livros, e de bicicleta circularão pelos bairros de casa em casa.

Será feito também o lançamento da Quarta Edição do Prêmio Sérgio Farina de Literatura, em homenagem ao Dia do Mundial do Livro e ao aniversário de cinco anos da Lei Municipal do Livro.  Este evento também vai anunciar as datas e parcerias institucionais da 27ª Edição da Feira do Livro de São Leopoldo.


Serão anunciadas também as seis entidades e associações que receberão Kits para a projeção de filmes de cinema dentro do convênio Cine Mais Cultura com o MinC. Esses cinemas terão programação permanente nos bairros, com acesso gratuito a população.

Serão, por fim, anunciadas as três entidades comunitárias que receberão em seus espaços Telecentros de Inclusão Digital garantindo a democratização digital e tecnológica e mais acesso da população à Internet.

A atividade acontecerá no próximo dia 16 de maio das 18:30h ás 20:30h no Centro Cultural José Pedro Boessio - Teatro Municipal, rua Osvaldo Aranha Nº 334,

Contaremos com a presença do Prefeito Municipal de São Leopoldo Ary Vanazzi, com a presença e participação especial do Secretario do Estado da Cultura Luiz Antonio de Assis Brasil, a representante do Ministério da Cultura Margarete Morais, o Coordenador do Telecentros BR/ Sul Maurício Falavignia. E do Diretor Regional do Sesc-RS Everton Dalla Vechia.


Segundo o Secretário de Cultura Pedro Vasconcellos, "A atividade marca a entrega de um conjunto de iniciativas do MinC, do Programa Mais Cultura que estão sendo aguardadas pela comunidade cultural desde 2010. O Programa Leituras da Cidade, com apoio do MinC fará investimentos na ordem de R$1.300.000,00 ao londo de 2012 e 2013, atingindo mais de 25% da população da cidade que terá acesso, a livros, oficinas, cinema, inclusão digital e espetáculos em todas as oito regiões da cidade." salienta.