segunda-feira, 26 de março de 2012

PROGRAMAÇÃO:
* 14h às 16h – ENCONTRÃO CÊNICO ESTUDANTIL

Intervenções cênicas com Juca e Juarez (Realizze Produtora)
Espetáculo “Alice e os Naturebas” (Grupo Aquarela)
Debate e oficinão de teatro – Ministrantes: Fernanda Vieira Fernandes, João Bronstrup, João Felipe, Marcelo Schneider, Milton Rogério Santos, Samuel dos Santos e Totonho Lisboa

* 20h – ENCONTRÃO CÊNICO LEOPOLDENSE
Intervenções cênicas e Fragmento do espetáculo “Bailei na curva” (Teatro Geração Bugiganga – TGB)
Esquete “O sapateiro e o diabo” (Fantomania Teatro de Bonecos)
Espetáculo “Kuanto Valentin?” (Núcleo de Pesquisa Teatral – NPT/SMC)
Fragmentos do espetáculo “O analista de Bagé” (Grupo Velho do Saco)
*****
SOBRE O DIA MUNDIAL DO TEATRO: O Dia Mundial do Teatro foi criado em 1961, pelo Instituto Internacional do Teatro, data da inauguração do Teatro das Nações, em Paris. O ITI é uma organização não governamental, fundada em Praga no ano de 1948 por iniciativa da UNESCO e de um grupo de especialistas em teatro de todo o mundo. Anualmente, em 27 de março, os Centros ITI e a comunidade cênica realizam ações comemorativas à data.
*****

SÃO LEOPOLDO COMEMORA O DIA MUNDIAL DO TEATRO

No próximo dia 27 de março, terça-feira, a cidade receberá atividades alusivas e comemorativas ao Dia Mundial do Teatro. A iniciativa é do Fórum de Artes Cênicas de São Leopoldo (FAC-SL) e conta com o apoio da Secretaria Municipal da Cultura e BEM-COLEO. Os grupos teatrais envolvidos são: Núcleo de Pesquisa Teatral (NPT-SMC), Fantomania Teatro de Bonecos, Teatro Geração Bugiganga (TGB), Realizze Produtora, Aquarela, Manifesta Pro. e Velho do Saco. Neste ano, a programação ocorrerá em dois turnos, visando contemplar não apenas o público e os grupos locais, mas também a comunidade escolar que está iniciando seus passos pelas artes cênicas.


Durante a tarde, das 14h às 16h, o Teatro Municipal abre suas portas para receber os estudantes que vêm trabalhando com teatro nas escolas, ou em grupos que surgiram dentro delas, ou, ainda, em oficinas coordenadas por entidades. Entre as presenças confirmadas estão a Escola Municipal Olímpio Albrecht, o Colégio Luterano Concórdia, o Centro Medianeira e o Instituto Lenon Joel Pela Paz. O público será recepcionado com performances da Realizze Produtora, com os personagens Juca e Juarez, assistirá ao espetáculo “Alice e os naturebas”, do grupo Aquarela e, logo após, haverá debate com atores da cidade e oficinão de teatro. O Fórum de Artes Cênicas vê na atividade um momento de fomento cultural, no qual comunidade, escolas e artistas poderão interagir com o teatro e incentivar a transformação social através do envolvimento direto entre atores e público de todas as idades, conforme esclarece o coordenador do Fórum, Marcelo Schneider.


Já à noite, a programação tem início às 20h e integra intervenções com o Teatro Geração Bugiganga e apresentações de diferentes segmentos da cena local. Na abertura, uma cena do espetáculo “Bailei na curva”, também apresentada pelo TGB, seguida pelo esquete “O sapateiro e o diabo”, do Fantomania Teatro de Bonecos, espetáculo “Kuanto Valentin?”, do Núcleo de Pesquisa Teatral da SMC (NPT), coordenado por Fernanda Vieira Fernandes, e encerra com quadros do “Analista de Bagé”, do grupo Velho do Saco. Segundo Fernanda, que também secretaria o FAC, a ideia é reunir artistas em diferentes fases de sua formação e mostrar à plateia a diversidade que São Leopoldo tem em seu cenário teatral.


O Fórum de Artes Cênicas destaca ainda que a ideia de comemorar o Dia Mundial do Teatro nasceu neste ano como algo projetado para ser simbólico, mas logo tomou proporções maiores e englobou tais atividades diversificadas e agregadoras, visando sempre a formação de plateia e de novos agentes culturais. Todas as atividades têm entrada franca e ocorrem no Teatro Municipal (Rua Osvaldo Aranha, 934). O agendamento de escolas ou grupos para ambas pode ser feito através do e-mail forumcenicas.sl@gmail.com ou do telefone (51) 9322 8552.

*****
SOBRE O FAC-SL: O Fórum de Artes Cênicas de São Leopoldo surgiu em 2007 e engloba os diferentes segmentos das referidas artes, tendo, em São Leopoldo, representantes do teatro e da dança. O FAC é um espaço coletivo organizado, participativo e democrático, que se destina a empreender uma política cultural em prol das artes cênicas, em benefício do público e dos profissionais da área. As reuniões são abertas e ocorrem de maneira ordinária, mensalmente. Entre as importantes atividades do Fórum está sua representatividade junto ao Conselho Municipal de Cultura e, em 2011, na composição da Comissão de Avaliação e Seleção de Projetos do Fundo Municipal de Cultura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário