sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Ponto de Cultura Imperio do Sol homenagem ao Alexandre Mota - Balança Geral

Mota balança a Império

Vida de apresentador do ''Balanço Geral'' é enredo

Alexandre Mota será homenageado pela representante do Vale do Sinos
Crédito: BRUNO ALENCASTRO
 Alexandre Mota será homenageado pela representante do Vale do Sinos<br /><b>Crédito: </b>   BRUNO ALENCASTROQuando a Império do Sol, de São Leopoldo, entrar na passarela, mais de 1,2 mil componentes iniciam a evolução com a meta de "balançar" o Complexo Cultural Porto Seco na noite de domingo. A agremiação do Vale do Sinos está disposta a lutar pelo título do Grupo A para voltar à elite do Carnaval de Porto Alegre, de onde despencou em 2011. A escola contará a história do paulista que se tornou o mais popular apresentador da TV gaúcha: Alexandre Mota. O jornalista da TV Record RS é o homenageado do enredo "De Vassoura na mão e sapato no chão, vem o Império do Sol com o sonho de ser campeão: Mota, a voz do povão".

O vice-presidente da Império e autor do enredo, Alan Silva, justifica a escolha: a paixão de Mota pelo samba e a paixão dos gaúchos pelo homenageado. "Mota é gaúcho de coração e fala a língua do povo. Por isso, achamos que ele merecia esta homenagem, já que faz tanto para uma parcela da sociedade, por vezes esquecida", argumenta.

Feliz, Mota garante que vai retribuir o carinho com muita dedicação e gingado, do alto de um carro alegórico, acompanhado de familiares e de colegas de trabalho. "Fiquei emocionado com este reconhecimento", confessa, ao lembrar os tempos de faculdade, quando seguia direto da sala de aula para as rodas de samba. Durante uma hora, a Império do Sol cruzará o sambódromo destacando a chegada de Mota à Capital gaúcha, os times de futebol de sua preferência, o amor pelo Rio Grande do Sul, o começo da carreira e o jeito característico de apresentar o "Balanço Geral".

A fantasia que Mota desfilará é mantida em segredo. Para completar a homenagem, a mulher do jornalista, Séfora Mota, desfilará à frente da bateria. "Minha mulher aceitou sem receio o convite. Ela gosta muito de samba. Além de Séfora e de nossos dois filhos, virão meus familiares de São Paulo. Será uma troca de energia entre a escola e a arquibancada, tenho certeza", diz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário