terça-feira, 17 de maio de 2011

Centro Cultural José Pedro Boéssio oferece:


Lúcia Murat lutou com o Movimento Estudantil da época ditatorial, participou do MR-8 e foi presa em 1971 torturada e encarcerada por 3 anos e meio. Entre os filmes esta seu primeiro longa-metragem "Que bom te ver viva" que estreou internacionalmente no Festival de Toronto e revelou uma cineasta dedicada a temas políticos e femininos. O longa foi escolhido o melhor filme do jurí oficial, do júri popular e da crítica no Festival de Brasília de 1989.

 


Liana Brandão representa importante apoio cultural da região do Vale do Sinos promovendo as artes plásticas, realizando exposições individuais e coletivas de artistas brasileiros e de outras nacionalidades. Foi homenageada com a inauguração da Galeria Municipal de Arte Liana Brandão que apresenta a partir de hoje a exposição artistística de Mayra Martins Redin que conta com uma série de fotografias e livros compondo 3 trabalhos realizados durante o ano de 2009 na França, onde esteve por uma ano. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário